Descubra como a menopausa afeta o seu sono! - Gazin Colchões

Descubra como a menopausa afeta o seu sono!

Tempo de leitura: 3 minutos. 

 

O sono é peça fundamental para a nossa qualidade de vida e, claro, para manter a saúde em dia. 

Mas diversos aspectos podem contribuir ou prejudicar a excelência de uma noite bem dormida. 

 

Dentre eles, podemos destacar a alimentação, hábitos rotineiros como prática ou não de exercícios e também nossos ciclos de vida. 

 

O que isso quer dizer? Que a fase da nossa vida pode influenciar diretamente a qualidade do nosso sono. 

 

Especialmente uma:a menopausa,que geralmente atinge as mulheres entre 45 e 55 anos. 

O que é menopausa? 

De forma resumida, podemos entender a menopausa como um marco na vida de qualquer mulher. 

 

Isso porque significa o fim do ciclo menstrual e também do período reprodutivo. 

A idade em que a menopausa acontece pode variar de acordo com diversos fatores genéticos e hereditários. 

3 sinais de que você está entrando na menopausa 

Menstruação desregulada 

O primeiro sinal de que você pode estar entrando na menopausa é a menstruação desregulada. 

 

Ficar um ou mais meses sem menstruar ou até mesmo menstruar mais de uma vez em um único mês são sinais de alerta. 

 

Isso acontece devido à baixa taxa hormonal presente no organismo, que impede o útero de se preparar para uma possível gravidez. 

 

Mas vale lembrar que tudo depende de cada organismo. 

Há mulheres que permanecem com a menstruação regular até a menopausa. 

Ondas repentinas de calor

As ondas repentinas de calor são talvez um dos sintomas mais comuns e também um dos mais relatados pelas mulheres. 

 

Surgem sem origem aparente e atingem especialmente a parte superior do tronco, pescoço e rosto. 

 

Tende a deixar a pele avermelhada e gerar um suor excessivo, podendo durar até cinco minutos e ser frequente durante um ano ou mais. 

Alterações de humor

É possível dizer também que nesta fase existem muitas oscilações de humor. 

 

Isso é motivado pelos hormônios que são responsáveis pelo pleno funcionamento do sistema nervoso, que tendem a ficar mais baixos na menopausa. 

 

Outros sintomas que podem surgir são: aumento da irritabilidade, melancolia, ansiedade e choro frequente. 

Como a menopausa afeta o sono? 

Dentre os efeitos da pré e pós-menopausa está o sono prejudicado. 

 

Isso porque pode colaborar para o surgimento de dois distúrbios comuns: a apneia do sono e a insônia. 

Insônia

Estudos afirmam que cerca de 6 mil mulheres que estão na menopausa sofrem com insônia ou má qualidade do sono. 

Isso representa 46,3% de mulheres na faixa de 45 anos ou mais. 

 

A principal queixa é sobre não conseguir ter uma noite completa de sono, acordar de madrugada e não conseguir retomar o sono. 

 

Se não avaliado e tratado, a longo prazo, a insônia pode ser um fator de extremo risco para a qualidade de vida. 

Apneia do sono 

As mudanças hormonais que ocorrem na menopausa podem ser determinantes para o desenvolvimento de distúrbios como apneia do sono. 

 

Isso por conta da diminuição na produção de dois hormônios chamados estrogênio e progesterona, que afetam diretamente os músculos. 

 

O mesmo acontece com aqueles que se localizam ao redor da garganta, deixando-os mais propensos a obstruir nossas vias aéreas, o que ajuda no desenvolvimento de apneia. 

 

Apesar da menopausa ser um processo natural de toda mulher, existe tratamento que pode ajudar a controlar os efeitos.  

 

Por isso é fundamental procurar um médico especialista de confiança! 

 

Mas, claro, que para dormir bem não existe idade e faz bem para a saúde em qualquer momento da vida. 

 

Especialmente se for em um colchão Gazin. Afinal, são mais de 20 anos alinhando tecnologia e conforto para o seu bem-estar. 

 

Conheça mais sobre nossos modelos disponíveis, clique aqui. 

 

Enfim, aproveite também para conhecer mais sobre a nossa marca! 

 

Siga nosso Instagram aqui.

Curta nossa página no Facebook aqui.

 

Deixe um comentário